A antiga sede da fazenda da Barra é um remanescente de arquitetura de influência Bandeirista no sertão da Bahia. Construída na primeira metade do século XIX, mantém elementos artísticos e arquitetônicos comumente utilizados nas antigas construções daqueles antigos empreendedores, responsáveis pela expansão das fronteiras do nosso país.


A cidade de Jacobina, localizada no Piemonte da Chapada Diamantina, teve o seu núcleo habitacional iniciado em torno das minas de ouro descobertas pelos Bandeiristas Paulistas no início do século XVII. O projeto do Hotel Fazenda da Barra foi idealizado para se tornar um refúgio na natureza e no silêncio, imerso em uma história de séculos com o conforto e acolhimento dos dias atuais.


O projeto mantém as características originais da fazenda, respeitando a cultura, a natureza e as tradições do sertão, permitindo que o visitante compreenda e interaja com o dia-a-dia em uma fazenda do sertão de da Bahia.